Espere um pouco mais

Carrousel, Idoso em Foco, Reflexão

Porque não passa de um momento a Sua ira; o Seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã. Sal. 30,5.

Carlos era um colega de universidade, no primeiro ano de estudo e certa vez conversou comigo e afirmou com veracidade que o pai estava acometido de um câncer e que o câncer era castigo de Deus por ter abandonado a família, quando ele era adolescente.
Com frequência, as pessoas relacionam a enfermidade com algum castigo divino.

É verdade que a Bíblia menciona muitas vezes fala da ira divina (Jarah), mas, nem de longe, ela pode ser comparada com o ‘Qatsap (hebraico) que é a ira pecaminosa do homem.
Já imaginou Deus como um pai zangado, com o rosto vermelho, falando impropérios, lançando fogo pelos olhos e correndo atrás do filho para castigá-lo?
Embora na hora da dor, Davi achava que Deus estava “batendo nele”.

No salmo de hoje, o salmista, agradece a Deus porque a enfermidade passou.
Nesta vida, tudo passa.
Passam a alegria e os momentos bons, e graças a Deus, também passam os momentos ruins.Inclusive essa pandemia de corona viris que estamos vivendo em 2020, com isolamento social. E muito mais proibitiva para as pessoas idosas que para preservar a vida tem que se auto prender domiciliarmente.

O contexto do Salmo nos leva a entender que Davi acabava de sair de uma enfermidade que quase o levara à morte: “Senhor, meu Deus, clamei a Ti por socorro, e Tu me saraste. Senhor, da cova fizeste subir a minha alma; preservaste-me a vida para que não descesse à sepultura.” Sl. 30,2 e 3.

O Deus que curou a Davi e o libertou da angustia é também o nosso Deus.
Portanto, se neste momento você está doente ou angustiado com o drama que estamos vivendo, ou até mesmo, tem um ente querido enfermo, deposite toda sua confiança em Deus que “sara” e que “preserva a vida da sepultura”.
Sei que quando a dor toca a vida de uma família, todos se sentem em imersas em sombras.
Ninguém entende nada. Tudo parece escuro. Nessas horas, pode vir o choro, mas saiba que a alegria virá pela manhã. Essa é a promessa divina.

O patriarca Jó poderia falar de sua própria experiência. O inimigo o levou às profundezas da enfermidade e da desgraça. Em meio às sombras, ele repetia constantemente: “Eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a Terra.” Jó 19:25. E assim foi.

Deus o restaurou, e o inimigo teve que engolir a gargalhada de aparente vitória. O sol de um novo dia brilhou na vida daquele homem fiel.

Conselho do Ancião – Não se desespere. Não desanime. Não perca a fé. Deus nunca vai permitir que você seja provado mais do que pode suportar. Seu redentor virá e não tardará.
Enquanto isso, repita: “Porque não passa de um momento a Sua ira; o Seu favor dura a vida inteira. Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã.” Amém.

Deixe uma resposta