Reflexão: AINDA HÁ TEMPO

Carrousel, Reflexão

2Quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.

A velhice é a fantástica fase da vida. Porém alguns idosos não percebem essa realidade, e mergulham num oceano de angustias. Afirmam que não há mais nada a fazer, que já combateu um bom combate; que todos os projetos sonhados na vida já foram concluídos.  Não precisamos voltar a muito tempo atrás para lembramos que as mulheres idosas, só tinham duas opções de vida: cuidar dos netos e esperar a vida passar. Hoje é diferente as possibilidades de vida são muitas. O índice de expectativa de vida aumentou e agora se busca o envelhecimento com qualidade. No passado os pais viviam para os filhos que quando eles cresciam iam embora deixando os pais sozinhos e pior, sem saber viver a vida a dois porque durantes anos viveram para filhos ao invés de viver com os filhos. Por maior que seja o amor dos pais para com os filhos não se pode esquecer que os mesmos vivem em processo temporário, um dia sai de casa como nos ensina a palavra de Deus. É comum os pais sofrerem da “síndrome do ninho vazio” após a saída dos filhos de casa. Passaram boa parte da vida dedicando-lhes amor, afetos, carinhos e tratamento principesco agora o ninho está vazio mais e os pais perdendo a motivação para a nova realidade. Viver com os filhos é a forma correta, pois quem vive para os filhos tem uma visão de vida estreita que impossibilita a construção das ações e projetos; é o mesmo que viver uma vida pobre de significado. A velhice não é a fase da passividade ou da improdutividade, o envelhecimento nos deixa mais sábio e produtivo, não é momento de parar, mas de contribuir com o que durante todas as outras fases da vida foi colhido. É um tremendo engano dizer que o lugar de idoso é na cadeira de balanço, assim como negar a carência afetiva, desejos da pessoa idosa. A pessoa idosa não querer ser beatificado quer ser gente, quer rir, quer curtir, quer se apaixonar, brincar e jogar as favas esse conceito envelhecido de envelhecimento. É obvio que o envelhecimento maltrata o físico e impõem limitações, mas o importante é saber renovar os nossos sonhos e as nossas forças constantemente. A propósito, a Bíblia nos ensina: “Faz forte ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens cansam e se fatigam e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no Senhor renovam suas forças, sobem com asas de águia, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam…(e) quem farta de bens a tua velhice, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.”(Sl 103:5; Is 40:29-31).E

Deixe uma resposta