Atenção idosos: Como evitar acidentes domésticos

Companhia de Bombeiros da AL dá dicas para prevenir acidentes domésticos. As famílias brasileiras têm se adaptado a uma nova rotina em meio à pandemia do coronavírus, seguindo à risca a recomendação do Ministério da Saúde de permanecer em casa para evitar o contágio por meio do vírus Covid-19. O período de quarentena no ambiente domiciliar, no entanto, necessita de atenção para evitar o aumento dos acidentes domésticos, conforme observa a primeira tenente da 7ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiro Militar da Assembleia Legislativa do Ceará, Samara Dantas.

Em 2019, os acidentes domésticos levaram 60 mil brasileiros às unidades de emergência de todo o País segundo os dados divulgados pela organização Epidemiologia e Vigilância dos Traumatismos e Acidentes (Evita).

Os acidentes elétricos são um dos tipos mais comuns em ambientes residenciais, mas, com medidas simples, é possível evitá-los. “O uso do aparelho celular foi intensificado, mas é importante ressaltar que não devemos fazer uso enquanto ele estiver carregando devido a uma possível explosão ou descarga elétrica’’, alerta a tenente.

APARELHOS TELEFÔNICOS –Em caso de necessidade de ligações telefônicas em celulares, o recomendado é desconectar o aparelho do carregador e retomar a carga da bateria apenas após o fim da chamada. Outra dica importante para evitar acidentes é assegurar a continuidade do uso de carregador e cabos originais do aparelho. Usar carregadores não-oficiais pode comprometer a segurança do usuário devido às diferentes configurações de voltagem e amperagem entre os modelos, que podem oscilar em equipamentos de marcar similar.

Outra medida que deve ser tomada, principalmente em residências ou apartamentos com crianças, é a instalação de protetores nas tomadas para evitar choque elétrico, e a sobrecarga de aparelhos nas tomadas. “Muitos equipamentos são utilizados simultaneamente. É preciso evitar ligar diversos eletrônicos em uma só tomada para evitar a sobrecarga de energia e o risco de princípio de incêndio ou curto-circuito’’, acrescenta a tenente.

CUIDADOS EXTRAS –Devido ao isolamento social, a população tem mais tempo para dedicar-se aos afazeres domésticos, dentre os quais o de cozinhar, mas é preciso seguir algumas recomendações para evitar imprevistos.

“Nem todas as pessoas têm o hábito de cozinhar e isso aumenta o risco de queimaduras. É importante ter precaução ao utilizar o fogão, sem crianças por perto e também cuidado no manuseio de equipamentos afiados como facas para evitar ferimentos”, alerta. Nesse período, de acordo com ela, é mais importante tomar medidas preventivas contra acidentes e ter um cuidado especial com as crianças e os idosos, que são grupos de risco do Covid-19. “Uma ida ao hospital ou pronto-socorro pode submetê-los (idosos e crianças) ao risco de contágio’’, alerta a tenente Samara Dantas.

Da Redação/com Comunicação Interna-JB/ Publicado por Assembléia Legislativa do Estado do Ceará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *