Trabalhadores da educação e prioridade para vacinação

Trabalhadores da educação e prioridade para vacinação

Em em setembro de 2020, a União dos Dirigentes Municipais de Educação  (Undime) solicitou de forma formal ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro, articulação junto ao Ministério da Saúde prioridade de vacinação da comunidade escolar.

Governo federal acatou o pedido e o Ministério da Saúde já enviou ao Supremo Tribunal Federal a lista atualizada dos grupos prioritários para a vacinação contra o Covid-19, incluindo os trabalhadores da educação.

O ministro Milton Ribeiro, em seu Twitter, agradeceu o Presidente da República o atendimento da demanda do Ministério de Educação e Cultura, que foi enviada Ministro Chefe da Casa Civil da Presidência da República.

No documento, o Ministério da Educação Milton Ribeiro reconhece que mesmo os rígidos protocolos de biossegurança, “o retorno das atividades presenciais representa um potencial risco de disseminação do novo coronavírus” e pede “a inclusão da comunidade escolar, compreendida por estudantes, profissionais da educação e colaboradores nos grupos prioritários”.

Para Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Undime, a inclusão dos profissionais de educação à lista de trabalhadores essenciais é uma grande conquista e solicitou urgência do Governo Federal na execução do Plano Nacional de Imunização para que os trabalhadores da Educação “possam retomar, com segurança, as atividades presenciais nas escolas de todo Brasil.”

Fonte: Undime. Foto: Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *