Socorra o fraco

Socorra o fraco


Uma tarde de chuva marcou a minha vida. Era inverno aqui em Pernambuco. Estava com a esposa no carro e tentei atravessar uma correnteza sobre a estrada. O carro quase levado pela correnteza enganchou no canavial e estava cheio de água. De repente Deus enviou alguém para nos socorrer. Um veículo que estava a frente notou o drama e voltou ao local. Era um jipe de uma usina. O motorista foi gentil. Rebocou o meu carro até um posto de gasolina. Ao despedir-me, agradeci: “Muito obrigado. Não imagina o bem que me fez.”

Texto completo em http://idosonewsipb.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *