SNPI em terras acreanas.

ACONTECEU – O Rev. Pinho Borges, Secretário Nacional da Pessoa Idosa (Snpi) da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) realizou trabalhos com idosos da Igreja Presbiteriana da Floresta em Rio Branco no Acre, no período de 18 e 19 de junho de 2022, que é pastoreada pelo Rev. Henrique Dutra.

A jornada do Secretário Nacional para a cidade de Rio Branco no Acre, teve início as 23 horas da quinta-feira, dia 16 de junho de 2022, com o deslocamento do Secretário Nacional para o Aeroporto Internacional dos Guararapes em Recife/PE, às 23 horas do dia 16 de junho com destino ao Aeroporto de Guarulhos/SP para conexão Rio Branco.

A distância entre Recife e Guarulhos em voo direto é de 2.102 km e dura cerca de 3 horas; após algumas horas de espera da conexão embarcou para Rio Branco, e são mais 2.965 km de distância em 4 horas de voo; chegando a Rio Branco às 12:10, da sexta feira, 17 de junho. No total foram percorridos 5.067 km de voos em 13 horas de viagem. Lembrando que em Rio Branco o fuso horário é 2 horas a menos que o fuso de Brasília.
Ao desembarcar, o Snpi foi recepcionado pelo Rev. Henrique Dutra, responsável por toda a logística dele no Acre; o resto do dia foi de descanso no hotel.
No sábado, 18 de junho de 2022, aconteceu o III Encontro da Terceira Idade da Igreja Presbiteriana da Floresta, em Rio Branco/AC, sob a coordenação da Missionária Mariúza Neri, responsável pela Repapi Floresta.
O encontro aconteceu nas dependências da Chácara Felicidade, nos arredores de Rio Branco, um espaço belo e aconchegante.

A programação teve início com a saída dos participantes da IPB Floresta, às 8 horas para o local do evento. Às 08h45min aconteceu a abertura do Encontro com uma devocional e louvores, seguida por aferição da Pressão Arterial e Medição de Glicose, sendo que às 9 horas aconteceu o ‘Pic-nic’ (coffee break). Como estava programado às 10 horas, o Rev. Pinho Borges (Snpi), iniciou a ministração da palestra: Envelhecer com prazer.

Após a palestra do Rev. Pinho, foi servido o almoço aos participantes e às 14 horas os trabalhos foram retomados com uma breve devocional dirigida pelo pastor da Igreja, o Rev. Henrique Dutra. Logo, em seguida a Fisioterapeuta Tairine Holanda ministrou a palestra: ‘Envelhecer é inevitável. Viver bem é opcional’, juntamente com Mauri Sergio Alves (prática).

Às 16 horas, a 1ª Parte do Encontro foi encerrada com um Círculo de Oração e distribuição de mimos preparados pela Repapi Floresta para os participantes.

A 2ª Parte do Encontro, aconteceu no domingo, 19 de junho, no Templo da Igreja Presbiteriana da Floresta, quando o Rev. Pinho Borges (Snpi), ministrou a palestra ‘Relacionamento Familiar’, no horário da Escola Dominical.  Parabenizamos a Repapi Floresta, pela retomada dos trabalhos com as pessoas idosas, depois de um longo espaço de tempo por conta da pandemia do Covid 19. No horário da noite, o Rev. Pinho Borges, ministrou a Palavra do Senhor no Culto Vespertino da Igreja, cuja temática foi a: “Noite da restauração”. Quando tratou da restauração de Pedro, ao lado do Mar de Tiberíades.

Saindo da Igreja o Snpi foi jantar com um presbítero e esposa e depois foi deixado no hotel para se preparar para seguir para o Aeroporto de Rio Branco iniciando assim o retorno a Terra dos Altos Coqueiros (Recife), depois cumprir agenda com a Igreja Presbiteriana da Floresta em Rio Branco no Acre.

À 0 hora do dia 20 de junho, o Rev. Henrique transportou o Snpi para o aeroporto, para embarque às 2 horas, mas as condições climáticas eram de muita neblina e que provocou o cancelamento do voo. A Companhia Aérea anunciou que o voo sairia para Brasília às 17 horas e que motivou a volta para o hotel. As 14 horas o Snpi, voltou para o aeroporto e começou novo processo de embarque que saiu por voltas 19 horas, chegando em Brasília às 22 horas e como não tinha mais voo para Recife, começou o processo de acomodação nos hotéis que terminou as 2 horas do dia 21 de junho.

Às 9 horas da terça-feira o Snpi, embarcou para Recife, chegando a Terra dos Altos Coqueiros por volta das 12 horas. Depois de 6 horas e 5.927 km de voo. No total foram 11 mil km de voo, e 20 horas de voo, numa jornada que durou 5 dias (16 a 21 de junho), mas foram dias abençoados e abençoadores em Rio Branco, apesar do fuso horário de 2 horas a menos que o horário de Brasília; o corpo e a mente estranharam, mas Deus está no controle de tudo.

Agradecemos a Deus pela possibilidade do “Ide” para servi-Lo mais uma vez, ao Rev. Henrique, a missionária Mariúza pelo convite e hospitalidade.

A Deus toda a glória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *