Seja pacificador

Carrousel, Reflexão

Seja pacificador
Mt.5:9 –  Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.

Queridos. A nossa nação vem se corroendo a cada instante por conta do pecado, do egoísmo da autossuficiente de cada um que quer ser cabeça.
Jesus certa ocasião nos advertiu sobre o problema de divisão, separação, conflito ao proferir essas palavras registradas por Marcos: “E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir.” (Marcos 3:24,25)
Todos nós sabemos que o Brasil está fragilizado politicamente, moralmente, eticamente e principalmente espiritualmente. E nós filhos de Deus não podemos nos deixar enganar por qualquer tipo de filosofia, pensamento ou ideologia que contrariem os princípios divinos.
O inimigo de nossas almas vem causando muito estragos a nossa nação. Não deixe que ele te use para espalhar boatos, notícias falsas, pois o que ele quer é caos, a desobediência, a morte, o roubo e perda da fé e da esperança.
Ore por você por sua família e não seja um correspondente do caos. Seja um mensageiro da paz como nos ensinou Jesus: “Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.”
Observemos três coisas com relação a esta Bem-aventurança

Primeiro – A palavra paz em hebraico nunca está relacionada a um estado negativo, não significa ausência de conflitos. Em hebraico paz significa tudo aquilo que contribui para o bem-estar do homem. No oriente quando as pessoas se encontram, saúdam mutualmente Shalom (paz), isso significa que deseja não só a libertação de todo o mal, mas que deseja para sua vida todas as coisas boas desejadas. Na Bíblia paz não é a ausência de guerra, mas gozo em todo bem.

Segundo – Devemos analisar o que realmente significa esta bem-aventurança. A benção recai sobre os que fazem a paz e não simplesmente aos que amam a paz. Pode ocorrer que alguém ame a paz, mas não sabe como faze-la, aumentando ainda mais os conflitos e criando mais problemas.
A paz que a Bíblia fala que é bem-aventurança não é resultado da evasão de problemas, mas conseqüência da atitude decidida de quem os enfrenta luta e vence.
Esta bem-aventurança não exige uma atitude passiva de qualquer situação, mas exige tomada de posição que leve a paz.

Terceiro – A expressão ”filhos de Deus” é uma forma típica do hebraico para designar os pacificadores. O hebraico não tem muitos adjetivos e quando se quer designar as qualidades, usa-se a expressão: filho de… completada com o substantivo.
Desta forma o homem pacifico é chamado filho da paz.
Barnabé era apelidado de filho da consolação em lugar de Consolador.

Esta bem-aventurança diz que os pacificadores são benditos porque será chamado de filhos de Deus. São benditos por fazerem o mesmo que Deus faz.
Quem realiza a paz está comprometido com o Deus de paz (Rm 15,33 – E o Deus de paz seja com todos). 2Co 13,11” Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco).

Prefira ser mensageiro da paz do que ser correspondente do caos.

Deixe uma resposta