Rio de Janeiro – Banco de talentos da Terceira Idade

Carrousel, Notícias Nacionais

Rio de Janeiro – O Estado do Rio pode ganhar um Banco de Talentos da Terceira Idade. O projeto de lei 1.869/16, do deputado Filipe Soares (DEM), cria um sistema de cadastros de pessoas idosas interessadas em continuar trabalhando. O texto foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta quarta-feira (18/04), em segunda discussão. O texto seguirá para a sanção ou veto do governador Luiz Fernando Pezão, que terá até 15 dias úteis para decidir.
De acordo com o projeto, as pessoas acima dos 60 anos poderão se inscrever, colocando-se disponíveis para participar de palestras, treinamentos, programas de educação pública executiva, engajamento em projetos sociais e trabalhos voluntários, entre outras atividades. O cadastro deverá incluir data de nascimento, CPF, RG, comprovante de residência, contatos, formação acadêmica, empregos anteriores e atuais, especialidades e disponibilidade de tempo.
Órgãos públicos que se interessarem poderão convidar os inscritos para colaborar em atividades. O idoso não será pago, mas despesas como locomoção, alimentação e hospedagem deverão ser custeadas pela instituição, que emitirá também um certificado de participação. “Esse projeto permite que um idoso, já aposentado, possa continuar ativo, prestando relevantes serviços para a sociedade, com um extraordinário benefício para sua saúde física e mental”, defende o deputado.
https://al-rj.jusbrasil.com.br/noticias/568122673/projeto-cria-banco-de-talentos-da-terceira-idade

Deixe uma resposta