Recife – Abrigo para idosa que morava em túnel

Carrousel, Últimas Notícias

Publicado por Defensoria Pública de Pernambuco. Iniciativa da Defensoria Pública de Pernambuco, através do Setor de Registro Tardio, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura da Cidade do Recife, viabilizou a transferência para um abrigo da assistida Maria de Lurdes Ferreira da Silva, 70 anos, com sequelas de um Acidente Vascular Cerebral, portadora de diabetes e pressão alta. Lourdes morava no Túnel Tancredo Neves, Zona Sul do Recife. A coordenadora do Setor de Registro Tardio, Defensora Pública Lêda Pessoa atua no caso há quatro meses. “Posso afirmar que foi um dos mais emblemáticos que acompanhei em toda minha vida”. Dona Lurdes dependia da boa vontade de vizinhos para se alimentar, vivia num local sem um mínimo de condição humana, misturado a entulhos e de difícil acesso, relatou. O próximo passo, segundo a Defensora, é obter a resposta do Instituto Tavares Buril (ITB) para verificar se a idosa possui identificação civil. Com a documentação, será possível entrar com pedido de Benefício de Prestação Continuada (BPC). A Secretária de Desenvolvimento Social e Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos da PCR, Ana Suassuna, considera a ação conjunta com a Defensoria Pública do Estado muito importante na perspectiva da garantia do direito e da qualidade de vida de Dona Lurdes.

Redação: Fátima Freire/Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta