Projeto e Decretos tiram direitos dos idosos.

Projeto e Decretos tiram direitos dos idosos.

Em 13 de novembro de 2020, publique no Portal Idosonews.com, o artigo intitulado: Projeto muda de 60 para 65 anos idade para pessoa ser considerada idosa. Aqui repito o que escrevi. “Olha só. Você que não quer ser idoso aos 60 anos, vai perder muitos benefícios. Se aceita ser idoso aos 60 anos, escreva para o gabinete do autor do projeto, lutando para manter o Estatuto do Idoso como está. Pense bem. Lembre-se direitos nem sempre está garantido”. (Reproduzido) -Projeto muda de 60 para 65 anos idade para pessoa ser considerada idosa. O projeto altera o Estatuto do Idoso e a lei que trata da prioridade no atendimento O Projeto de Lei 5383/19 altera a legislação vigente para que as pessoas sejam consideradas idosas a partir dos 65 anos de idade, e não mais 60. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera o Estatuto do Idoso e a Lei 10048/00, que trata da prioridade de atendimento.

Na época iniciei uma campanha para se votar no site da câmara contra ao projeto, de 13 de novembro até hoje 27 de dezembro só conseguimos 116 votos “Contrário totalmente”.

PARA QUE VOCÊ NÃO SEJA A PRÓXIMA VÍTIMA. Pedi para se mandar para o Dep. João Campos, do Republicanos/GO.( dep.joaocamposdearaujo@camara.leg.br) e que votasse no enderenço https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2223942 e cole o texto nos comentários.

Mas, parece que as pessoas idosas ou pré idosas não estão preocupadas com o envelhecimento com qualidade e cidadania. Os decretos de Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo, acabando com a gratuidade no transporte metropolitano para as pessoas idosas entre 60 e 65 anos de idade, sinalizam que nós idosos, começamos a perder partes dos direitos adquiridos, pois não estamos lutando para mantê-los. Direitos não são garantidos, podem ser acrescentados ou reduzidos, por isso devemos estar sempre alerta e em luta constante. Se não lutarmos, perderemos até o direito de sermos considerados ‘pessoas humanas’, como determina o Estatuto do Idoso.

Para ter o voto dos idosos políticos inescrupulosos promete terra e céus aos idosos e depois vira as costas para os mesmos. Não basta as perdas na pandemia do Covid-19, São Paulo retira dessa faixa idosa um direito que melhorava em parte a qualidade de vida de pessoas idosas, pois o custo com transporte vai reduzir investimento em comida, medicamentos, entre outros e aliado a isso a perda de cidadania.
Acorda brasileiros pois sem lutar serem as próximas vitimas.

Rev. Pinho Borges. FOTO:https://diariodotransporte.com.br/23.12.2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *