O Resgate da Fé: O Papel Vital do Espírito Santo na Vida Cristã

O Resgate da Fé: O Papel Vital do Espírito Santo na Vida Cristã – “Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito no deserto,” (Lucas 4 verso 1).

Queridos. Este versículo marca o início do ministério público de Jesus após seu batismo no Jordão. Ele é descrito como cheio do Espírito Santo e é conduzido pelo Espírito ao deserto, onde enfrentará tentações antes de começar formalmente seu ministério terreno. Vivemos em tempos em que a fé parece estar em declínio, e é crucial questionarmos: por que a fé está morrendo?

A resposta, muitas vezes negligenciada, reside na tendência de que muitas igrejas se esquecerem do papel fundamental do Espírito Santo em suas vidas e ministérios.

Jesus, nosso exemplo supremo, não apenas reconheceu, mas dependeu completamente do Espírito Santo em Seu ministério terreno.

O Evangelho de Lucas 4 verso 1 nos relata que, cheio do Espírito Santo, Ele foi conduzido para o deserto. No entanto, alguns segmentos da igreja moderna, por temor ao pentecostalismo ritualístico ou interpretações equivocadas, acabaram relegando o Espírito Santo a um segundo plano.

Portanto, esquecer o Espírito Santo é negligenciar a própria essência da vida da igreja. Ele não deve ser abandonado por receio de interpretações erradas. O Espírito Santo é a força vital que capacita a Igreja a manifestar o amor, a graça e a santidade de Cristo no mundo.

Quando estamos cheios do Espírito Santo, recebemos a imagem de Cristo e nos preparamos para enfrentar as fouças das trevas que tentam minar nossa fé, aniquilar a Igreja e sufocar a essência do nosso ser. Ele é a luz que dissipa as trevas que ameaçam obscurecer nossa jornada espiritual.

Ter vida no Espírito não é contornar a santidade, mas abraçá-la de maneira profunda e transformadora. É permitir que o Espírito Santo molde nossos corações, oriente nossas escolhas e revele a glória de Cristo em nossas vidas diárias. É através dessa conexão íntima com o Espírito que nossa fé se manifesta, cresce e floresce a cada dia.

Portanto, diante do desafio de uma fé que parece enfraquecer, somos chamados a reavaliar a importância do Espírito Santo em nossas vidas individuais e na vida da igreja como um todo.

Que possamos redescobrir a plenitude do Espírito, reconhecendo-o como o guia essencial e capacitador que nos leva a uma fé vibrante, cheia de santidade e plenitude espiritual.

Que o Espírito Santo não seja esquecido, mas seja celebrado, buscado e acolhido em nossos corações, renovando-nos constantemente para a glória de Deus. Em nome de Jesus, amém.

Ministração do Rev. Pinho Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *