Não tenha vergonha de ser honesto

Em um mundo marcado por incontáveis casos de corrupção, onde a busca pelo poder e riqueza muitas vezes supera os valores éticos e morais, a honestidade surge como um farol de esperança e integridade. Nesse contexto, a reflexão sobre a importância de ser honesto ganha uma dimensão ainda mais profunda, especialmente quando consideramos as palavras de Rui Barbosa, um dos mais ilustres juristas, políticos e oradores brasileiros, que expressou a dolorosa constatação de que, em determinados momentos, parece haver “vergonha em ser honesto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *