Não mantenha distância.

Não mantenha distância.

No vidro traseiro de automóvel havia um adesivo que dizia: “Consegue ler? Você está muito perto. Mantenha distância.” 

Afinal qual distância teríamos que ficar para não conseguir ler?

Segundo as leis de trânsito, é necessário que se mantenha uma certa distância entre os carros para que se evite acidentes.

Mas há pessoa que quer aplicar o distanciamento na vida pessoal, para evitar possíveis acidentes relacionais, e termina se distanciando das pessoas que amam, perdem o foco da vida e não percebem que sua visão está destorcida.

Quando temos uma visão destorcida, chegamos pelo menos a duas conclusões.

1 – Estarmos longe demais.

2 – Nos enganarmos, e dizemos que não está bem perceptível.

Quando reconhecemos que o problema está em nós, procuramos nos aproximar, para tornar a visão mais nítida.

Queridos. Não podemos viver o tempo todo olhando de longe, e com a visão destorcida, pois isso pode levar ao risco de não mais enxergarmos o que existe à nossa frente.

Responda ao seu coração. Qual a sua distância relacional com Deus?

Será que você inconscientemente ou quem sabe, conscientemente está mantendo distância de Deus?

Creia. A aproximação de Deus não provoca “acidentes”.

A não ser, que você tenha medo de que Ele lhe peça para fazer algo que mexa com o se “eu”, a fim de transformar o seu modo de vida.

Lembre-se.

Quando se tem uma visão distorcida de Deus, não se consegue mais senti-Lo, nem ouvi-Lo.

E começa as lamurias que Ele não ouve, não responde, não ama, não é justo, entre outras murmurações.

Queridos. Não podemos dizer que amamos a Deus se não O conhecemos de verdade, se não nos aproximamos dele. Por isso não mantenha distância de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *