Não há vagas.

Não há vagas.

 Aconselho a leitura do texto do Evangelho em Lucas 2,7. Repito: não há vagas. Não há lugar tudo está ocupado.
Este era o momento de José e Maria em Belém.
De porta em porta lá ia José, batendo, clamando, e implorando por um lugar de descanso.
O Rei Salvador está para nascer, mas todos dizem “não”.
José continua, não desiste, era uma procura inútil, não havia um lugar, só restou uma alternativa, o lugar dos animais e lá no meio dos animais nasce o rei Salvador.
Mas como pode um rei não ter palácio, não ter berço, não ser rico?
É no exemplo de seu nascimento, que Jesus vive e nos ensina a amar a Deus e ao próximo, o que caracteriza que os bens não passam para a eternidade.
A manjedoura é o sinal de que por mais bens que possuímos, eles nada significam para Deus, a não ser que estejam direcionados para o Seu reino.
Não podemos fazer o que fizeram os estaleiros. Rejeitar Jesus.
Hoje a estalagem é o nosso coração, por isso abra a porta dele e deixe Cristo entrar.
Lá em Belém não tinha lugar para ele.
Será que em seu coração também não há?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *