MINHA CRÔNICA DE ANIVERSÁRIO

Carrousel, Idoso em Foco, Reflexão

7 anos, ao me acordar, fui lembrando que estava completando 60 anos de idade. De imediato lembrei já sou uma pessoa idosa.

Não tomei nenhum susto, pois recebo o envelhecimento como benção de Deus. Não importa a aparência que o espelho revela porque ela é a minha realidade.

Hoje, 7 anos depois, estou de forma definitivamente na faixa da pessoa idosa que foi chegando suavemente como a noite ao entardecer.

Adorei quando meus cabelos ficaram grisalhos e pelo visto não ficarei careca. Neste momento o importante é assumir que sou idoso. Não sou velho e muito menos jovem. Sou idoso e daí?

Não nego que há momentos de cansaço, mas rogo diariamente a Deus que renove as minhas forças para que eu possa continuar sendo seguimento de Jesus enquanto viver e assim como o apostolo Paulo, me entrego como libação ao Senhor.

Os marcos sociais da pessoa idosa não são a razão da minha alegria, o que me alegra é a benção da longevidade, pois SER uma pessoa idosa é apenas uma convenção. Agora com 67 anos com a mente e força renovada pelo Criador continuo nas minhas andanças pelos caminhos da vida que o Senhor, nosso Deus, coloca diante dos meus pés.

Não me chame de senil pois tenho consciência e cosmovisão de mundo. Não me chame de jovem porque os marcos da juventude já passaram. Não me chame de velho porque não sou coisas; sou humano em direção a longevidade eterna. Sou idoso.

Obrigado Senhor porque a Tua Palavra me revela pelo salmista quanto a minha vida é valiosa: “Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e vigorosos,” (Sl 92,14).

Enquanto a sociedade moderna busca na juventude o parâmetro de vida, eu sei que o Criador me elegeu e me colocou nos Seu Plano, por isso me abençoa e me ensina a contar os meus dias.

Minha oração: Senhor estou na faixa etária das pessoas consideradas idosas, que benção, pois muitos não passam nem da primeira, continue segurando a minha mão assim com fazes até hoje. Amém. Rev. Pinho Borges (18.09.2019)

Deixe uma resposta