Insônia real X Insônia nacional

Carrousel, Idoso em Foco, Reflexão

INSÔNIA REAL X INSÔNIA NACIONAL Deito-me e pego no sono; acordo, porque o Senhor me sustenta. Salmo 3:5. Resolvi reeditar uma reflexão publicada em nosso site em 29.01.15. A Bíblia narra parte da história do rei Assuero, e registra que uma noite Ele perdeu o sono. Em insônia revolvia-se em seu leito real, preocupado com os muitos problemas do seu reino que era composto por 127 províncias. Talvez como medo de perder o poder a partir de alguma revolta ou conspiração.
A Bíblia não revela a causa da insônia de Assuero. Em sua insônia, mandou buscar o livro das crônicas, onde os fatos do governo eram registrados.

No Brasil, em 2015, estávamos vivendo uma insônia nacional. O país caminhando para uma crise imensurável com reflexos no presente e principalmente no futuro, pois não sabíamos o que vinha pela frente; o Brasil, assim como nossos jovens, estava morrendo antes de completar 25 anos de idade.
Aquele Brasil que representava o futuro na economia, na democracia estava na UTI, aguardando por um milagre. E não era exagero, pois até um ministro pediu para o povo rezar para que Deus mudasse a crise hídrica.
Crise essa que estava provocado uma insônia nacional.

No caso de Assuero, àquela noite não dormida, alterou a vida do governante. Assessorado Mordecai, o rei toma conhecimento da crise e resolve a situação eliminando os fatores que provocavam a mesma. Não fosse a insônia do rei e a lealdade do seu assessor Mordecai a história de Assuero talvez ficasse esquecida. Mas, Deus guia Seus filhos, e usou Mordecai para proteger o povo de Israel, ameaçado de morte no império de Assuero.

A insônia nacional de 2015, começou com o descontrole da inflação e instabilidade político-econômica a partir de 2008; dando início os malefícios que levaram o país a UTI, após o Governo brasileiro adotar a “nova matriz econômica”, heterodoxa e como resultado estávamos retrocedendo as condições de 1994.

Agora no início de 2020, a pandemia do coronavírus, nos colocou na UTI, e o pior não temos como nos proteger, nem proteger o país, a não ser com medidas radicais com consequências impossíveis de serem diagnosticadas. A nação está vivendo uma insônia nacional, aliás o mundo, pois a pandemia é mundial.

Para aqueles que confiam em Deus, e que alguma vez passou por momento de insônia. Precisamos estar preparados para sentirmos os efeitos negativos da crise do coronavírus principalmente nas áreas da saúde, econômicas e financeiras.

Conselho do Ancião.
Queridos. Siga o exemplo de Assuero: passem em revista suas ações vividas para vencer as suas insônias. Quanto a insônia nacional? Devemos rogar a Deus, para que Ele, o Senhor do Universo, mostre aos governantes a luz no final do túnel.
Sei que o Senhor é Soberano, mas isso não nos isenta da responsabilidade como cidadão brasileiro de lutar pelo bem do nosso país.
E não esqueça que o melhor sonífero para debelar a insônia é uma consciência tranquila.

Deixe uma resposta