FORTALEZA/CE – Bradesco deve indenizar idosa

Carrousel, Últimas Notícias

O Banco Bradesco Financiamentos deve indenizar aposentada que teve descontos indevidos no benefício foi o que determinou o juiz José Cavalcante Junior, titular da 19ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza.
O magistrado condenou o Bradesco a pagar indenização por danos morais para idosa por ter descontado indevidamente do seu benefício um suposto empréstimo, assim como também deverá ressarcir os valores descontados.
Nos autos consta que em novembro de 2014, a idosa procurou uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), para saber porque o seu benefício estava tendo um desconto e foi informada que ela havia contraído um empréstimo junto ao Bradesco no valor de R$ 4.073,38 a ser pago em 60 parcelas.
A idosa alegou que não havia contraído nenhum empréstimo e que por diversas vezes procurou o banco para que fosse resolvida a situação e os valores ressarcidos como nada foi feito pelo banco ingressou com ação judicial.
O Banco contestou alegando que a cliente obteve plena e total ciência de todas as cláusulas contratuais e apresentou cópia reprográfica do contrato. Mas foi constatado pela perícia grafotécnica, “a probabilidade de assinatura contida no entabulado ser falsa”.
Constatando-se a falsidade da assinatura no contrato, se reconhecer uma transação falsa e o ônus recai sob a instituição financeira que não comprovou a regularidade da operação, afirmou o juiz do caso.
Processo: 0121021-73.2015.8.06.0001
Publicado por Tribunal de Justiça do Ceará

Deixe uma resposta