Encontro das Forças de Integrações em Recife

Aconteceu, Carrousel, Idoso em Foco

Aconteceu no sábado 24 de agosto de 2019, o Encontro das forças de Integrações da Igreja Presbiteriana do Brasil, promovido pela Comissão Especial das Forças de Integrações do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil criada na ultima reunião do Supremo Concílio em Águas de Lindoia em São Paulo em 2018.

A Comissão é formada pelos Secretários Nacionais e os presidentes das Confederações Nacionais das Forças de Integrações. O Evento aconteceu nas instalações do Colégio Agnes em Recife, e teve início às 9 horas com uma devocional e reflexão do Rev. José Roberto (Secretário Nacional da Infância), em seguida o Presbítero Alexandre ( Relator da Comissão/ Secretário Nacional da Mocidade), ministrou uma palestra sobre as dificuldades das Forças de Integração nas igrejas e Concílios ressaltando

O palestrante discorreu sobre: os problemas identificados na Igreja e Liderança, a ausência dos pastores nos eventos das Sociedades Internas , formação de liderança, falta de conhecimento bíblico e do presbiterianismo, da necessidade de pastoreio.

Após a palestra foi dada a oportunidades para considerações dos participantes. As 12h aconteceu o intervalo para o almoço. o Retorno aos trabalho foi as 14 horas com oportunidades para os secretários falarem sobre suas secretarias.

Estavam presentes os Secretários Nacionais da UPA (Esdras), UMP (Alexandre), SAF (Niraci), UPH (Daflon)e da Pessoa Idosa (Pinho Borges). Além da Presidente da Confederação de SAFs (Ana Maria) contou com a presença de vários Secretários Sinodais e Presbiteriais e dos presidentes dos Sínodos de Pernambuco (Rev. Eduardo Magalhães Lira Souto Maior) e Central de Pernambuco ( Pb. Eduardo Azevedo)

Como o encontro ficou restrito ao Estado de Pernambuco, teve a representação de quatros Sínodos (Central de Pernambuco, agreste Sul de Pernambuco, Sesquicentenário, e Pernambuco. Ausente o Sínodo de Garanhuns).

Foi o primeiro Encontro promovido pela Comissão e foi considerando como o ponto de partida em outras regiões conciliares.

Deixe uma resposta