Elogios fazem a diferença

Elogios fazem a diferença

Prov. 25,11 – Elogios fazem a diferença.  Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.

Uma jovem mulher, chamada Karla, entra no gabinete pastoral e começa a narrar sua história de vida como mulher esposa. Ela falou que o marido a tratava com desprezo, e sem respeito, e nada que ela fazia o agradava, que diariamente ficava aflita com o retorno dele para casa no final do dia.

Karla era uma mulher bonita e jovem, mas a sua vida matrimonial a transformou em uma esposa triste e fria.
E quanto mais sentia o desprezo do marido, mais ia se afastando dele.

Na realidade Karla estava presa a um estilo de vida desprezível. Depois de ouvi-la, o pastor resolveu visitar o casal e conversar com Pedro, o esposo de Karla.

O pastor foi direto ao assunto e Pedro ficou estarrecido com o que ouviu dele, pois o acusava da depressão e sofrimentos da esposa, coisa que ele mesmo não percebia.

O pastor desafiou Pedro: Escolha sete qualidades positivas em Karla, e agradeça a Deus por elas duas vezes ao dia; uma vez pela manhã ao sair para o trabalho, e outra vez, quando estiver voltando para casa.

Pedro aceitou o desafio, e começou a agradecer a Deus pelas coisas que gostava e admirava em Karla. Em pouco tempo ele começou a vê-la com outros olhos. Não passou muito tempo, e ela começou a mudar diante dos olhos dele.
Com o passar dos dias Pedro agradecia a Deus pela vida de Karla e ela começou a melhorar a sua autoestima.

Queridos. Palavras positivas produzem atos positivos. O inverso também é verdadeiro. Palavras negativas produzem atos negativos. A aceitação revela o que há de melhor em nós, enquanto as críticas nos faz liberar o que há de pior em nós.

Os conselhos do sábio nos diz.
“A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra.” Prov. 12,25.
“A palavra, a seu tempo, quão boa é!” Prov. 15,23.

Os elogios e aceitação transformam as pessoas e torna a vida familiar mais feliz.

Jesus era doutor em elogiar. As pessoas ficavam maravilhadas com as palavras que saiam da boca de Jesus: “E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca…” (Lucas 4,22)

O que você tem a agradecer a Deus em seu cônjuge? Nos seus filhos? Na sua familia? Na sua Igreja ? No seu trabalho. Nos seus amigos.?

Não esqueça de dizer para eles que você está agradecendo pelas suas vidas; elogie as pessoas, e observe os resultados. Que Deus te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *