Porque o idoso deve votar?

Aconteceu, Reflexão, Últimas Notícias

No Brasil o voto é obrigatório. Mas a Constituição Federal, em seu artigo 14, parágrafo primeiro, torna o voto facultativo para os jovens entre 16 e 18 anos e aos idosos com mais de 70 anos.
Para muitos idosos não ter a obrigatoriedade de votar parece uma conquista, mas não é.
Pense comigo.
A oportunidade de não votar dada às pessoas idosas pode tirar do cenário eleitoral milhões de votos de eleitores que tem posição política definida. E por outro lado, arregimenta milhões de adolescentes que estão em formação política.
Nos idosos somos hoje uma fatia bastante expressiva da população. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/IBGE, somos cerca de 25 milhões de pessoas com idade acima de 60 anos, isso corresponde aproximadamente 17% da população brasileira.
Se saímos do cenário eleitoral não haverá mais nenhum interesse por políticas públicas para o envelhecimento porque deixamos de sermos interessantes e uteis aos políticos.
Temos plena consciência o lamaçal de corrupção que suja a política brasileira vem a cada dia isolando e desestimulando as pessoas idosas a pensar em não votar.
Não votar é receber o “Cavalo de Tróia” como presente. É abrir a guarda cidadã. É perder o poder do diálogo com as urnas.
Mas do que nunca, hoje é momento de juntarmos as forças para ajudar mudar o destino e o futuro de nossa pátria. Vamos votar para que os nossos filhos, netos e bisnetos tenham um futuro melhor que o nosso.
Lembre-se somos uma fatia expressiva da população e com o voto podemos provocar importantes mudanças para nossa Pátria. A nossa participação nas próximas eleições pode alterar de forma significativa o rumo do Brasil.
Os anos nos trouxe maturidade e experiência que são condições essenciais para criticamente analisarmos as propostas dos eleitorais daqueles que nos assediam, e assim o fazem porque temos o voto.
Se temos a capacidade de locomoção e de trabalho; se pagamos os impostos e estamos lúcidos com certeza estamos aptos e capazes de exercermos nosso direito cidadão através do voto.
Ao votarmos, criamos possibilidades de mudanças favoráveis para toda a sociedade.
Que nas próximas eleições você idoso ou idosa supere todas as dificuldades e vá sufragar a urna com o sentimento convicto que está ajudando a mudar o futuro do Brasil de forma democrática. Não podemos perder as esperanças que um dia teremos uma nação menos corrupta e mais honesta e justa. Onde a pessoa idosa tenha seus direitos respeitados e seja mais assistida pelos poderes públicos.
Votar é exercer a cidadania. Não aposente o seu título de eleitor.

Deixe uma resposta