Edificando Relações

Através do exemplo de Jesus e dos princípios ensinados na Escritura, aprenderemos como podemos agradar ao próximo e contribuir para a edificação mútua….

Edificando Relações através do Amor Cristão

Queridos. Hoje vamos explorar a poderosa mensagem contida na Palavra de Deus, no livro de Romanos, capítulo 15, versículo 2. Neste texto, somos chamados a refletir sobre como podemos edificar e fortalecer nossos relacionamentos, obedecendo ao mandamento de amar ao próximo como a nós mesmos. Através do exemplo de Jesus e dos princípios ensinados na Escritura, aprenderemos como podemos agradar ao próximo e contribuir para a edificação mútua.

1º. Agradar ao Próximo: Paulo nos exorta em Romanos 15, verso 2, a “agradar ao próximo para o bem, visando à edificação”. Agradar ao próximo não se trata de buscar aprovação ou elogios, mas de agir de maneira que promova o bem-estar e a paz nas relações. Jesus, nosso maior exemplo de amor e humildade, nos ensinou a colocar os interesses dos outros acima dos nossos. Quando buscamos agradar ao próximo, estamos refletindo a natureza de Cristo em nós. Isso requer desprendimento do ego, paciência e disposição para servir com amor genuíno.

2º. A Importância do Próximo: Nosso texto também nos lembra da importância de reconhecer e valorizar aqueles que estão à nossa volta. Cada pessoa é um ser amado por Deus, criado à Sua imagem. Ao tratar os outros com respeito e amor, estamos tratando Deus com respeito e amor. Através da atenção às necessidades físicas, emocionais e espirituais de nossos irmãos e irmãs, mostramos que somos discípulos de Cristo. Na parábola do bom samaritano, Jesus nos ensinou que todos são nosso próximo, independentemente de sua origem ou posição social.

3º. Edificação Mútua: A edificação mencionada no texto não se refere apenas ao crescimento espiritual individual, mas também à construção de uma comunidade fortalecida pelo amor mútuo. Quando procuramos agradar e servir uns aos outros, estamos construindo um ambiente de encorajamento, apoio e fortalecimento. A Igreja é comparada a um corpo, e cada membro desempenha um papel vital na edificação de todo o corpo. Nossas palavras e ações têm o poder de construir ou destruir. Optemos pela edificação, contribuindo para o crescimento espiritual uns dos outros.

Queridos. À luz do ensinamento de Romanos 15, verso 2, somos chamados a viver vidas que busquem agradar ao próximo, valorizando cada indivíduo e contribuindo para a edificação mútua. Que possamos lembrar sempre do sacrifício de Jesus e do amor incondicional que Ele demonstrou por nós, e que esse amor nos motive a amar e servir uns aos outros. Quando nossa motivação for agradar a Deus e edificar Seu corpo, veremos relacionamentos mais fortes, uma igreja mais unida e um mundo transformado pelo amor cristão. Que o Espírito Santo nos guie nessa jornada de edificação e amor contínuo. Em nome de Jesus, amém.

Áudio ministração do Rev. Pinho Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *