Dolo

Dolo

Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui iniqüidade e em cujo espírito não há dolo. Dolo! Esse é um assunto muito em voga em nossos dias, destacadamente no mundo dos negócios e da política. Na antiguidade dolo era uma espécie de punhal usado na Península Ibérica. Com o passar dos tempos a palavra passou a simbolizar um “punhal” que penetra até ao âmago da sociedade moderna, atingindo pessoas em geral, empresários, políticos, executivos, governantes, nações e igrejas. Mas, o que é dolo? É nada mais, nada menos que má-fé, fraude, sonegação, vontade consciente de obter um resultado desonesto e criminoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *