Tão passando a mão na sua carteira.

Tão passando a mão na sua carteira.

PINHO BORGES – No nosso ESTAMOS DE OLHO de hoje, vamos comentar sobre uma ação criminosa que algumas instituições financeiras estão fazendo contra as pessoas idosas.
Os casos de fraudes vão desde empréstimos consignados não solicitados, até descontos sem que o aposentado ou pensionista tenham recebido o dinheiro.

Com o aumento das denúncias contra as instituições financeira por promoverem empréstimo consignado sem autorização a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara vai pedir punição para os bancos por esse tipo de ação considerada fraudulenta.

Isto é crime, como determina o Art.102 do Estatuto do Idoso, “Apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso, dando-lhes aplicação diversa da de sua finalidade”, constitui crime punível com pena de reclusão de um a quatro anos, além de multa.  Se você foi lesado por essa prática criminosa denuncie o caso e busque seus direitos inclusive com reparação financeira. Se todos agirem assim vai inibir essa prática criminosa.

Na Audiência Pública que aconteceu as duas instituições financeiras recorde em reclamações, com compareceram. O deputado Celso Russomano, presidente da Comissão anunciou que ela vai encaminhar requerimentos à Polícia Federal e ao Ministério Público, e ao Banco Central para que os responsáveis por esse tipo de crise sejam responsabilizados criminalmente.

Uma boa notícia é que Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), através de seu presidente Leonardo Rolim, vai disponibilizar o telefone 135 vai receber denúncias sobre o Crédito Consignado.

Quer saber por que as instituições financeiras ficam babando como lobos famintos? Porque hoje há 36 milhões de operações ativas o que equivale a R$ 185 bilhões de reais de empréstimos, segundo informação do INSS. Pior é que não contente com o dinheiro que rola no segmento, ainda se busca roubar, principalmente as pessoas idosas.
Estamos de olho.

Fonte: Agência Câmara de Notícias / Imagem: Internet – Meramente ilustrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *