CUIDADO COM OS FALSOS E HIPÓCRITAS

Carrousel, Idoso em Foco, Reflexão

Não me associo com homens falsos, nem ando com hipócritas; Sal. 26,4.

Roberto era um garoto alegre, extrovertido e cheio de vida aos quinze anos. Na escola era o top da classe com boas notas e uma rápida habilidade de raciocínio.
Todos viam nele muita vontade de viver, de fazer sucesso e ser vitorioso.Era o orgulho e a esperança da família. O pai declarava a todos: “Ele vai ser médico.” Como todo pai os planos, projetos e sonhos em torno do filho lhe animavam.
Mas a caminhada pela vida destruiu completamente Roberto. Envolveu-se com as drogas e três anos depois era apena um expecto humano. Quase sem forma e cheios de cacoetes.Em sua tristeza o pai agora dizia. “Os falsos amigos o levaram para as drogas e de filho o que me sobrou é isso”.

Queridos.
Os “homens falsos e hipócritas” não é produto do século 21.
Davi já alertava para a sedução deles. Chegam sorrateiros, desinteressados. Mas depois de conquistarem a confiança, dão o bote como cobras venenosas.Lembre-se os falsos e hipócritas estão em todos os lugares e atuam incansavelmente. Você vai encontrá-lo no trabalho, na escola e até na Igreja.Peça a Deus que lhe der discernimento a fim de perceber os falsos e hipócritas.

Busque em Deus a percepção entre o joio e o trigo.
No dia a dia você vai encontrar os falsos e hipócritas, mas isso não é motivo para você se isolar da vida. Seja amigo, estenda a mão, ouça as palavras, apenas tenha cuidado para não se “assentar” com eles. Isto é, não se envolva com seus planos, porque eles levam a destruição.

Conselho do Ancião – Cada dia é um novo momento para repensar a vida, amizades, valores e propósitos. Mas nunca esqueça as palavras do salmista: “Não me associo com homens falsos, nem ando com hipócritas.

Deixe uma resposta