Cravo da Índia

Os chineses foram os primeiros a utilizar essa especiaria, tanto como tempero quanto na medicina, séculos antes de Cristo. Devido ao seu aroma, era também usada na fabricação de perfumes e incensos. No século 16, o cravo se tornou uma mercadoria muito valiosa, sendo disputada entre portugueses e holandeses. Chegou ao Brasil através dos colonizadores. Até hoje, seu óleo é empregado na odontologia como analgésico e anti-séptico. Rico em eugenol, ele pode deter a inflamação das mucosas e combater inchaços. Assista o vídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *