Cancelamento ou remarcação de passagem aérea.

Carrousel, Notícias Nacionais

A pandemia do COVID-19 afetou de forma radical os usuários das companhias de aviação não só no Brasil, mas em todo o planeta. Viagens de lazer ou de negócios foram suspensa, creio que muito pior que o Plano Collor, há 30 anos, que confiscou as economias dos brasileiros.

Como agir nesse momento de crise? Como cancelar ou remarcar sua passagem ou ser reembolsado.

Por exemplo eu tinha varias passagens aéreas marcadas e com bilhetes emitidos. Como compro passagens aéreas em uma agencia de viagem não tive muita dificuldade para resolver o assunto.

As medidas adotadas pelos governos de fechar as fronteiras como medida para garantir o isolamento domiciliar propiciou o cancelamento de milhares de passagem aéreas.

Medida Provisória nº 925/2020, publicada no dia 19 de março, pelo Governo Brasileiro.

A Medida estabelece:
a -Isenção de penalidades contratuais aos consumidores que aceitarem a conversão do valor da passagem adquirida para crédito, com utilização no prazo de doze meses.
b – Prazo de reembolso do valor relativo à compra de passagens aéreas de até doze meses.

A negociação com as companhias aéreas devem ser pautadas pela Medida Provisória.

Remarcações e Comunicação –  A primeira coisa a ser feita é buscar o diálogo com a companhia aérea. que emitiu a passagem. empresa na qual houve a compra de passagem. Para isso use o Site da empresa, se não resolver procure o Procon caso seja necessário.

As empresas estão pedindo que o cancelamento ou reembolso seja feito em prazo de 72 h da viagem. É recomendado Por lei, o consumidor tem direito ao cancelamento da compra da passagem no período de 24h desde sua compra, caso a tenha comprado com sete dias de antecedência.

Fonte: Blog do Jusbrasil

Deixe uma resposta