Abóbora

REPRODUÇÃO – Cada tipo de abóbora tem sua qualidade medicinal específica, que varia conforme a quantidade de vitaminas, sais minerais e fibras que contêm, mas, no geral, as abóboras são ricas em vitaminas A, B, C e E, em fósforo, selênio, potássio e cálcio, e em fibras de ótima qualidade. Quanto mais alaranjada a polpa da abóbora, maior seu conteúdo em caroteno, fundamental para a saúde dos olhos. Indicação: A decocção da polpa é indicada nos casos de diarreia e gases, por apresentar efeitos diuréticos ela atua nos rins, aumentando a produção de urina e 14 eliminando afecções renais. É um ótimo preventivo para a hipertensão arterial, pois além de possuir poucas gorduras e sódio – que entopem as veias – apresenta uma grande quantidade de potássio em sua composição, e este é conhecido por evitar a hipertensão (Para ela ter esses efeitos é necessário que seja consumida sem sal). A poupa da abóbora também é capaz de eliminar a acidez do estômago e proteger a mucosa que faz uma camada de proteção interna para o órgão, por isso é muito recomendada para quem apresenta gastrite, úlceras no estômago, pirose ou dispepsia. Ela também apresenta efeito laxante sobre o intestino, e por isso é muito recomendada para pessoas que sofrem de prisão de ventre; O sumo da polpa é bom para prisão de ventre; O cataplasma das folhas é indicado em casos de queimaduras, inflamações e dores de ouvido; As sementes, torradas ou cruas, são excelentes como vermífugo; e, no geral, a abóbora é um excelente tônico para o cérebro, fígado, rins e intestinos; o chá das sementes de abóbora para curar cólicas, diminuir pedras nos rins e acalmar febres; a polpa da abóbora, diretamente na testa para aliviar dores de cabeça; o caldo do pé de abóbora é recomendado na cura de dores de ouvido; O suco das flores é considerado digestivo; As sementes trituradas fornecem um suco refrigerante, próprio para os períodos de febre e nas inflamações das vias urinárias como cistite e hipertrofia prostática.

FONTE. Plantas e Frutos com Propriedades Medicinais mais utilizadas no dia a dia. Autores: Ricardo Santos Simões Luciana de Oliveira Bruno Leandro Sabará de Mattos

file:///F:/001..EDI%C3%87%C3%83O/TEXTOS/1..Tem%20no%20Quintal..Livro-de-plantas-medicinais.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *