A Lógica do Amor: Cruz, Ressurreição e Vida Nova

Queridos. Estamos frequentemente confrontados com uma cultura que valoriza o sucesso, o poder e a glória mundana acima de tudo. Nesse contexto…

A Lógica do Amor: Cruz, Ressurreição e Vida Nova

Queridos. Estamos frequentemente confrontados com uma cultura que valoriza o sucesso, o poder e a glória mundana acima de tudo. Nesse contexto, o caminho de Jesus, marcado pela entrega, pelo serviço humilde e pelo amor até à morte, pode parecer um caminho de fracasso.

No entanto, a ressurreição de Jesus nos revela uma verdade profunda sobre a lógica do amor divino e nos convida a repensar nossos valores e a direção de nossas vidas.

Quando refletimos sobre a Perspectiva Humana Versus a Lógica do Amor Divino nos deparamos com o desafio de Pedro e a nossa cultura. Como Pedro, muitas vezes questionamos o caminho do serviço humilde e do sacrifício.

A cultura dominante nos diz que o sucesso, e a glória não vêm da entrega e do amor radical, mas a Ressurreição é a prova da Vida Plena. A ressurreição de Jesus desafia a lógica e mostra que o amor levado às últimas consequências é o caminho para a vida plena. E o nosso desafio é reconhecer essa verdade e orientar nossa vida nessa direção.

A Semente da Ressurreição em Nós é a Fé, a Esperança, e amor. Pela fé, esperança, e amor somos seguimentos de Cristo, sem elas a semente da ressurreição não estaria plantada em nós. Quando revestidos de Cristo, nos tornamos uma nova criatura, iniciando já aqui a experiência da ressurreição. Esta realidade não apenas nos transforma individualmente, mas inaugura uma nova humanidade, marcada pela lógica do amor e do serviço.

A Prudência de Pedro e a Coragem de Seguir Cristo. A figura de Pedro reflete também a velha prudência que, às vezes, impede a Igreja de avançar e de aceitar os desafios do Evangelho. Essa prudência pode nos impedir de viver plenamente o mistério de Deus e de experimentar a ressurreição e a vida nova.

O Evangelho nos convida a superar essa prudência, a arriscar pelo amor, a abraçar o desconcertante e a seguir à frente na caminhada do povo de Deus. Em Cristo, encontramos os ecos da ressurreição e o caminho para uma vida verdadeiramente transformada.

Queridos. O caminho do amor até à morte, ensinado e vivido por Jesus, longe de ser um caminho de fracasso, é a via para a verdadeira glória e para a vida plena. Somos convidados a plantar e cultivar em nós a semente da ressurreição, vivendo já agora a nova humanidade que ela inaugura.

Que possamos, com coragem e fé, rejeitar a prudência que limita e abraçar o risco do amor radical, seguindo os passos de Jesus, até que a plenitude da vida se revele em nós. Amém.

Ministração: Rev. Pinho Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *