A Jornada da Esperança: Morte e ressurreição

A crucificação e morte de Jesus, tradicionalmente reconhecidas na Sexta-feira Santa pelos cristãos, ocorreram durante a celebração da Páscoa dos judeus em Jerusalém. Este evento é central para a fé cristã e é narrado nos Evangelhos do Novo Testamento da Bíblia.

De acordo com os relatos bíblicos, Jesus chegou a Jerusalém durante a semana da Páscoa, onde foi recebido com aclamações messiânicas por uma multidão que o considerava o Messias esperado. No entanto, sua popularidade entre as autoridades religiosas judaicas e romanas incomodou muitos líderes locais, que temiam que ele desafiasse seu poder ou provocasse tumultos.

Jesus celebrou a Última Ceia com seus discípulos, onde instituiu a Eucaristia e previu sua traição por Judas Iscariotes. Posteriormente, Jesus foi traído, preso pelas autoridades judaicas e levado a julgamento perante o governador romano da Judeia, Pôncio Pilatos, que estava sob pressão para condená-lo.

Apesar de não encontrar motivos para condenar Jesus à morte, Pilatos cedeu à pressão da multidão e dos líderes religiosos judeus e sentenciou Jesus à crucificação. Ele foi submetido a um processo humilhante, coroado com espinhos e forçado a carregar sua própria cruz até o local da execução, conhecido como Gólgota ou Calvário.

Lá, Jesus foi pregado na cruz e crucificado ao lado de dois criminosos. Durante sua crucificação, ele proferiu várias frases, incluindo a famosa “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”. Após várias horas de agonia, Jesus morreu na cruz. Sua morte é considerada pelos cristãos como um sacrifício redentor pelos pecados da humanidade, conforme descrito nas Escrituras.

Após sua morte, Jesus foi descido da cruz e colocado em um túmulo emprestado por um seguidor rico chamado José de Arimateia. Três dias depois, de acordo com as Escrituras, Jesus ressuscitou dos mortos, celebrando a ressurreição, um evento central da fé cristã, que é comemorado no Domingo de Páscoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *