Creia que você recebe

A passagem bíblica de Marcos 11, versos 23 e 24, apresenta um ensinamento fundamental sobre a importância da fé e da crença para alcançar resultados desejados. Nesta reflexão, exploraremos o contexto, a mensagem e as implicações práticas desses versículos, focando na temática “Creia que você recebe”…

Creia que você recebe.  “porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele. Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco.

Queridos. A passagem bíblica de Marcos 11, versos 23 e 24, apresenta um ensinamento fundamental sobre a importância da fé e da crença para alcançar resultados desejados. Nesta reflexão, exploraremos o contexto, a mensagem e as implicações práticas desses versículos, focando na temática “Creia que você recebe”.

O Contexto Bíblico. Marcos 11, versos 23 e 24, faz parte do discurso de Jesus sobre a figueira murcha e os ensinamentos que se seguem. No versículo 22, Jesus fala sobre ter fé em Deus, e nos versículos 23 e 24, Ele enfatiza a capacidade da fé de mover montanhas e a importância de acreditar naquilo que se pede em oração.

A Mensagem Fundamental, É a Fé Ativa. A passagem destaca a natureza ativa da fé. Jesus não se refere a uma fé passiva, mas a uma fé que é acompanhada de ação. A ordem para “não duvidar em seu coração” sugere uma confiança profunda e inabalável na capacidade de Deus de responder às orações.

A Autoridade da Fé. Jesus fala sobre “dizer a este monte” para ser lançado ao mar, simbolizando a autoridade que a fé confere. A fé verdadeira não apenas espera que Deus atue, mas também assume uma postura de fé, ordenando que as circunstâncias se alinhem com a vontade de Deus.

Crença Antes de ver.  O versículo 24 destaca a importância de acreditar antes de ver a manifestação. A fé genuína não se baseia nas circunstâncias visíveis, mas na confiança na promessa de Deus. Isso exige paciência e perseverança enquanto se aguarda a resposta divina.

Quais são as Implicações Práticas deste texto?

Cultivar uma Fé Profunda: O estudo da Palavra de Deus e uma vida de oração são fundamentais para o crescimento da fé. Ao compreender melhor a natureza, e os atributos de Deus, nossa fé é fortalecida.

Falar com Autoridade: A fé nos capacita a enfrentar desafios com confiança e coragem. Devemos aprender a “falar” às montanhas de dificuldade, e declarar a vontade de Deus sobre nossas vidas.

Persistência na Oração: A passagem nos lembra da importância de continuar a orar, e acreditar mesmo quando não vemos resultados imediatos. A fé verdadeira não se abala pelas aparências, mas se mantém firme na promessa de Deus.

Alinhamento com a Vontade de Deus: A fé não é uma ferramenta para alcançar nossos desejos egoístas, mas sim uma maneira de nos alinharmos com a vontade de Deus. Devemos buscar discernimento para entender o que está de acordo com a Sua vontade.

Queridos. A passagem de Marcos 11, versos 23 e 24 é um lembrete poderoso da capacidade da fé de trazer mudanças significativas em nossas vidas. O “creia que você recebe” não é uma fórmula mágica, mas um convite para desenvolver uma fé sólida, ativa, e confiante em Deus. Ao cultivarmos essa fé e aplicá-la em nossas vidas diárias, podemos experimentar o poder transformador da manifestação do recebimento de acordo com a vontade divina.

Áudio ministração do Reverendo Pinho Borges

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *