Envelhecer com qualidade é ser solidário

A solidariedade é uma virtude ensinada por Jesus na Parábola do Samaritano.; é o exercício da partilha dos bens espirituais e materiais, por isso todos devem ser solidários a fim de conservar e criar novas amizades.

Bons amigos ajudam no processo de envelhecimento principalmente quando a solidão e a angústia estiverem batendo a porta. Nunca esqueça as palavras do hagiógrafo “O amigo ama em todo o tempo; e para a angústia nasce o irmão[1], por isso tenha amigos.

A sociedade moderna além de instantânea, é egoísta e quer tirar proveito de tudo, por isso torna a vida competitiva. Nada mal em competir, lutar e vencer honestamente, isto é saudável para o envelhecimento com qualidade.

Quem pratica a solidariedade tem envelhecimento gratificante em todos os aspectos. As experiências de pessoas idosas que convivem em grupos sociais têm mostrado que elas possuem melhor qualidade de vida do que aquelas que se isolam. Também se observa que as pessoas que são adeptas de confissões religiosas com controle sociais rígidos enfrentam mais dificuldades de relacionamento sociais ao envelhecer do que aquelas onde o controle social da religião é mais flexível.

A solidariedade estimula a voluntariedade que busca sempre uma maior aproximação e aprimoramento na comunhão com o Senhor. Esdras é um exemplo de solidariedade[2], ele se dispõe a buscar, a cumprir e ensinar a Lei, os Estatutos e os Juízos do Senhor em Israel. Do ponto de vista bíblico a igreja deve ser a maior instituição solidária do planeta, mas o espírito do capitalismo transformou algumas igrejas, o corpo vivo de Cristo, em uma agência captadora de recursos para aumentar os bens de capital e confinou a solidariedade dos fieis ao comodismo, a estagnação e a morte relacional. As pessoas idosas precisam se incluir em programas solidários dentro ou fora dos limites sagrados do templo e entender que “enfado e canseira” são para quem espera a morte chegar por ter achado que já “combateu um bom combate”. O conceito judeu de solidariedade segundo o apóstolo Paulo[3] é que o indivíduo é a nação. Não se vivia o individual, mas o coletivo, por isso todos devem ser solidários.

Solidário na alegria, na dor, no compartilhar, na partilha, na comunhão, na doação, transformando sentimento em ações e serviços para o bem do próximo porque o sentido da vida é glorificar a Deus e fazer o bem.  

O presidente americano Abraham Lincoln disse: “Quem não vive para servir, não serve para viver”. A solidariedade proporciona uma melhor qualidade de vida na velhice principalmente quando há consciência que as ações desenvolvidas estão melhorando a qualidade de vida no reino de Deus.

(Extraído do livro: Envelhecimento. O que todos precisam saber.
Autoria: Pinho Borges)



[1] Provérbios. 1,17.

[2] “Porque Esdras tinha disposto o coração para buscar a Lei do SENHOR, e para a cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus juízos”. Esdras 7,10.

[3] Filipenses 3:5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *